>Pelas estradas da vida…30/04/10

>

Ainda  menina, sonhava em  caminhar muito, viajar, percorrer lugares  por onde ninguém antes tinha passado..
Ilusão de criança…Quando viajava do interior para Belo Horizonte, ia acompanhando a estrada, suas curvas, suas pontes, a vegetação em vários tons de verde e continuava a sonhar…Onde será o fim dessa estrada, perguntava  para os meus botões.

Cresci e hoje percorro outras estradas, outros caminhos que as vezes não me levam à lugar nenhum.
Continuo encontrando pontes, umas maiores, outras menores, algumas pedras no meio do caminho, como dizia o meu poeta Carlos Drummond de Andrade, e continuo não vendo o fim da estrada.

Será que a culpa é minha? Será que preciso mudar o foco da minha visão? Será que insisto em olhar apenas o que  minha emoção dita e grita a todo instante?Será que estou deixando a emoção falar mais alto do que a razão?

A vida corre como o carro naquela época, e fico olhando pela janela até quando vou insistir em viver fazendo de conta que não estou enxergando a paisagem que se apresenta a minha frente.

Será que os tons, que  não são mais os verdes que  tingiam a vegetação naquela época , estão mais neutros, sem cores definidas e por isso não  vejo tanta beleza  na caminhada e prefiro voar, cruzando os céus,através das companhias aéreas, viajando na imaginação.Vendo tudo de longe, do alto, fica mais fácil entender a diferença entre ter os pés no chão e a cabeça nas nuvens.

Ou será que deixei os sonhos de “andarilha” para trás?.Hoje, percebo que me transformei numa “andarilha urbana”,e que observo outras paisagens:muita violência, desamor, egoísmo, prepotência..e muito faz de conta!!! Sem sombra de dúvida, a estrada que hoje percorro, não tem a mesma beleza  do meu tempo nas estradas tão lindas de Minas Gerais.
A realidade é diferente , pois  o passado ficou pra trás.Hoje, o presente me mostra, que  chega primeiro quem melhor sabe caminhar, mesmo tendo que evitar todos os percalços que a vida me apresenta.
Estou na estrada…..Continuo  caminhando…

Texto escrito por Emília

5 Respostas para “>Pelas estradas da vida…30/04/10

  1. >Boa noite, Emilinha, a vida é um eterno caminhar. Um ótimo final de semana para você, beijos, 😉

  2. >Sabe Milinhajá andei por várias estradas nesta vida!Hoje me dou o direito de fincar os pés em minha varanda e fechando os olhos , admirar todas as estrelas que fazem parte do meu céu chamado passado.Abro os olhos e vejo minhas flores…Meus filhos e amigos que plantei e colhi…e o tempo me mostra que a colheita é sempre farta.Isso me faz feliz!!!Bjos e cuida de tua colheita, que sei tb é linda!!

  3. >Hola walkwoman,em caminho teu entre pedras e toda a natureza que circunda,só tu, em visão mente memória ,testemunha é de teu semear,cuidar,doar entre os momentos da vida,tal qual chuva e dias de luz irradiados ,lua e sol voce e o mundo.Me enternece e me torna melhor pessoa,te ler e te gostar!Um dia diferente,em vida tua!viva la vida!bzurica

  4. >quanto a te seguir,amiga está bloqueado,isto está acontecendo com muitos e muitos blogs,problemas do blogspot,e quando tento readicionar,informa que está bloqueado,todos temos que reclamar,aí eles dão jeito!Noite boa viva la vida

  5. >Bom diaPassando só prá desejar um lindo domingo!!!Laurinha

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s